Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


1º Grande Festival Taurino em Favor da Deficiência no Campo Pequeno
13/10/2007
Vamos todos ao Campo Pequeno esta Quinta-feira dia 18 de Outubro.

Uma vez mais e como já aconteceu esta temporada, a tauromaquia é também um meio para angariar receitas para instituições de caridade e com fins sociais.

A Associação Portuguesa de Dressage, representante das modalidades de Dressage (Ensino) e Paradressage (Equitação Adaptada), celebrou um protocolo com a Sociedade do Campo Pequeno, com o propósito de promover o "1º Grande Festival Taurino em favor da Deficiência" que se realizará no dia 18 de Outubro, naquela emblemática Praça de Touros.

A receita deste festival tem como objectivo a obtenção de fundos para o desenvolvimento das modalidades Hipoterapia, Equitação Terapêutica e Equitação Adaptada.

A Associação Portuguesa de Dressage (APD) teve o seu início em 1990, quando um grupo de amantes da modalidade de ensino resolveu juntar-se para promover e desenvolver a competição.

Ao longo destes anos, esta Associação sofreu vários reveses tendo a sua actividade chegado mesmo a cessar durante algum tempo, até que, há cerca de seis anos, um grupo de gente interessada resolveu dar-lhe novamente vida. Assim, e com o esforço das três últimas direcções, a Dressage em Portugal conseguiu atingir um nível internacional sendo mesmo reconhecido o valor dos nossos cavaleiros e oficiais por membros da comunidade internacional e da FEI (Federação Equestre Internacional).

Uma vez cumprido o objectivo principal da nossa Associação começamos a pensar em promover e desenvolver a modalidade de Equitação Adaptada que, pelo facto de as suas provas serem de Ensino, é também da nossa responsabilidade, quer pelos nossos Estatutos quer pelo protocolo assinado com a FEP (Federação Equestre Portuguesa).

Quando em meados do ano passado, nos debruçamos sobre a situação desta vertente do Ensino, verificamos que havia necessidade de uma reestruturação e que nos apresentava muito trabalho pela frente, decidindo esta Direcção elaborar um projecto, o qual passa também pela Equitação Terapêutica e pela Hipoterapia, pois é a partir daqui que poderemos pôr a competir aqueles que tiverem capacidade e vontade para tal.

Deste modo, é preciso:

formar e credenciar técnicos como terapeutas, monitores, equitadores, classificadores e juízes;
formar uma Comissão Técnica que regulamente a realidade portuguesa de acordo com o já instituído Regulamento Internacional e que faça cumprir as regras;
formar uma comissão de técnicos que visite os locais onde se pratica Hipoterapia e Equitação Terapêutica, fazendo-se assim um levantamento dos mais capacitados para a competição;
promover a nível regional e nacional eventos que estimulem a apetência para competir;
apoiar técnica e financeiramente os cavaleiros que, neste momento, já se encontram no circuito da Equitação Adaptada;
adquirir, ensinar e melhorar os cavalos que, pelas suas qualidades de docilidade e nobreza de entrega, possam ser atribuídos a cavaleiros que demonstrem qualidades para competir e que, por vários motivos não possam adquirir as suas próprias montadas.

Por isso, estamos esperançados que o nosso propósito de obtenção de fundos, a começar com o “1º Festival Taurino a Favor da Deficiência” a realizar no Campo Pequeno, seja frutuoso para que rapidamente possamos pôr em prática estes nossos projectos.

"Obrigado por nos fazerem sorrir"

- Ganadarias: 6 Novilhos Gentilmente Oferecidos: Prudêncio, Vinhas, M.Veiga, Passanha, Paulo Caetano, Manuel Coimbra, Romão Tenório e Vila Galé.
- Cavaleiros: Joaquim Bastinhas, António Ribeiro Telles, João Salgueiro, Ana Batista, Manuel Ribeiro Telles Bastos e o Praticante Marcos Tenório Bastinhas.
- Grupos de Forcados: Amadores de Lisboa, Évora e Aposento da Moita.


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013