Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Bronze para Portugal no Campeonato do Mundo de Horseball
03/08/2008
A Espanha ainda se bateu na 1.ª parte, mas os franceses mostraram porque são considerados os melhores do Mundo. Ao intervalo o resultado era de 4-3, ainda os espanhóis tentaram mas a França embalou para a vitória fazendo um resultado de 13-6, sagrando-se campeã do Mundo, no 1.º Campeonato Mundial de Horseball.

Maria Vidinha Porto, a capitã da selecção feminina portuguesa, subiu ao pódio para receber a taça de melhor marcadora do Europeu Feminino, a par com a britânica Katie Moiser.

Com uma plateia de ilustres convidados a selecção portuguesa teve no jogo de decisão do derradeiro lugar do pódio a sua melhor prestação neste 1.º Campeonato do Mundo. Ponte de Lima e os limianos vibraram com a vitória de Portugal sobre a Argentina, com o seleccionado luso a entrar sem receio dos cavaleiros gaúchos, conhecidos por serem exímios no trato da bola e na forma espectacular com que atiram ao golo.

Sob a batuta do capitão João Maria Fernandes, que marcou por três vezes, os jogadores portugueses partiram cedo para a vitória final, chegando com alguma facilidade aos 6-1, com os argentinos a reduzirem nos últimos instantes da 1.ª parte para 6-2.

No reínicio da partida os lusitanos embalaram decidamente para a vitória final, com os restantes golos de Portugal a serem apontados por João Tiago Ribas (3), João Miguel Campeão (2), José Maria Reffóios, José João Campeão e João Pedro Cardiga, conhecidos no mundo português de horseball como a selecção dos “jotas”.

«Nunca tinha assistido a um jogo de horseball ao vivo, foi a primeira vez. É um jogo giro, bonito e emotivo. Não sabia que os portugueses tinham tanta desenvoltura nesta modalidade, a vitória da nossa selecção foi clara, com uma bela exibição dos nossos jogadores que mereceram perfeitamente subir ao pódio. O horseball é um espectáculo fantástico, e não fossemos nós um país de cavaleiros para estarmos na primeira linha desta interessante modalidade», referiu o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Dr. Laurentino Dias, que adiantou saber que as assistências deste mundial ultrapassaram em muito as expectativas.

Para além de Laurentino Dias, estiveram na tribuna de honra o presidente da Câmara de Ponte de Lima, Daniel Campelo, o vice-presidente Víctor Mendes, o vereador da Cultura, Franklim Castro Sousa, o presidente da Federação Equestre Portuguesa, D. Luíz Vaz de Almada, e o presidente dos Solares de Portugal, D. Francisco Calheiros.

Para terminar, o presidente dos limianos Daniel Campelo, fez questão de referir que esta foi uma aposta ganha, «trazer os Campeonatos do Mundo e da Europa para Ponte de Lima foi uma boa decisão que tivemos. Chegámos ao fim e verificamos que este foi um excelente evento, sendo uma boa surpresa a adesão dos limianos. Pena foi as nossas televisões não terem dado em directo nenhum dos jogos, seria um espectáculo para muitas centenas de milhares de portugueses, assim no conjunto dos seis dias de prova, apenas cerca de vinte milhares tiveram a oportunidade de assistir a jogos emotivos e de invulgar destreza e beleza por parte dos jogadores e suas montadas».


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013