Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Sara Duarte é Pentacampeã de Portugal de Paradressage
18/05/2009
Sara Duarte assegurou, hoje, domingo, o titulo de Pentacampeã de Portugal de Paradressage, com o cavalo Neapolitano Morella, ao terminar a sua Kur (prova livre com música), com 71,390%, em Reguengos de Monsaraz, onde decorreram os Campeonatos de Portugal de Dressage e Paradressage, durante todo o fim de semana.

A cavaleira, alcançou o seu primeiro título nacional em 2005, com a égua Rima, de raça Lusitana, com 66,64% e no mesmo ano, foi medalha de ouro no IV Spanish Dressage Championship de Madrid.

No ano seguinte, 2006, estreia-se com Neapolitano Morella, um cavalo de raça Lipizzan, pertencente à coudelaria Câmara Machado, que lhe foi oferecido pelo Prof. Artur Machado, criador desta raça, nos Açores (Ilha Terceira), e nunca mais parou de representar a modalidade aquém e além fronteiras, sempre com bons resultados.

Uma palavra de estímulo aos novos atletas, seus treinadores e seus Clubes. Sejam bem-vindos a paradressage e se precisarem do nosso apoio, é só dizerem. ”

Em competição estiveram ainda o Pedro Oliveira, com Pelaio, que concorreu no Grau 1 a, que ficou na terceira posição e Ana Veiga, com Luna, no Grau 3, classificou-se em segundo lugar.

Classificação da Kur (Prova livre com musica)
1º Sara Duarte, com Neapolitano Morella = 71,390
2º Ana Veiga, com Luna = 61,944
3º Pedro Oliveira, com Pelaio = 60,667

O que é a Equitação Adaptada/ Paradressage?

A Equitação Adaptada insere-se na modalidade de Ensino ou Dressage. Destina-se a pessoas com deficiências físicas e consiste, basicamente, em provas de ensino adaptadas ao grau de capacidade de cada atleta, que fazem parte das provas dos Jogos Paralímpicos.

O campeonato é composto por provas que os atletas disputam segundo o seu grau de deficiência.

Os cavaleiros são avaliados por fisioterapeutas e de acordo com o perfil de capacidades de cada um, são colocados em diferentes graus. Existem 5 graus: Ao grau 1a e 1B a que correspondem exercícios a passo e/ou trote, o Grau 2 exige um pouco mais de trote e algumas figuras de picadeiro um pouco mais difíceis, o Grau 3 exige exercícios nos três andamentos (passo, trote e galope) e o Grau 4 exige trabalho em duas pistas (ladeares, espáduas-a-dentro, etc.), portanto uma prova com um razoável nível de dificuldade. Este grau destina-se a pessoas com deficiências consideradas menores e a exigência em termos de equitação é muito maior.

A Paradressage é tão, ou mais importante que a dressage, o rigor de exigência é absolutamente igual. Nas duas disciplinas o objectivo é alcançar a perfeição. Isto é, o entendimento perfeito entre dois seres – o cavalo e o cavaleiro – de forma a executarem os exercícios como se fossem um só – (Mito do Centauro).


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013