Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Puro Sangue Lusitano ilustra novos Selos dos Correios
09/06/2009
A emissão recorda versatilidade da Raça Lusitana

O Puro Sangue Lusitano é um dos cavalos mais apreciados em todo o mundo, quer para lazer, quer para actividades desportivas. As suas qualidades têm vindo a ser reconhecidas desde há cerca de cinco mil anos. Gregos e Romanos já lhe reconheciam o mérito como melhor cavalo de sela do mundo.

Com estes factos em mente, os CTT dedicam ao Puro Sangue Lusitano a sua mais recente emissão filatélica.

A emissão compreende cinco selos e um bloco filatélico em que aparecem espelhadas várias das actividades em que o Lusitano é utilizado. Dois selos de 32 cêntimos, ambos com emissões de 330 mil exemplares, mostram a sua utilização no ensino equestre e como precioso ajudante no trabalho. O Lusitano como preferido para o toureio a cavalo é recordado no selo de 57 cêntimos, que terá tiragem de 200 mil exemplares. O selo de 68 cêntimos, com 230 reproduções impressas, mostra o gabarito do Lusitano na Alta Escola. A atrelagem de competição, que aparece no selo de 80 cêntimos, é apenas uma das modalidades em que o Puro Sangue Lusitano é um dos favoritos dos desportistas. O selo terá uma tiragem de 200 mil exemplares.

O bloco filatélico, com o valor de 2,50 euros e 60 mil exemplares, reproduz uma fotografia da coudelaria de Alter-Real e inclui um selo com um dos cavalos da Coudelaria Nacional.

A colecção tem desenho gráfico de José Brandão, do Atelier B2, sobre fotografias de Aurélio Grilo/, Mark Wentein e Pedro Bettencourt.

Seleccionado como cavalo de caça e de combate ao longo dos tempos, a versatilidade, docilidade, agilidade e coragem do Puro Sangue Lusitano permitem-lhe hoje competir em quase todas as modalidades do moderno desporto equestre, confrontando-se com os melhores especialistas.

Nos últimos séculos o Lusitano destacou-se por ser o cavalo por excelência para a Arte Equestre e para o Toureio mas, para além de ser o cavalo que mais prazer dá montar, continua a surpreender pela sua natural aptidão para os Obstáculos, Ensino e Atrelagem de Competição onde aliás já alcançou, por duas vezes, o título de Campeão do Mundo. Também na Equitação de Trabalho se distingue ao obter os mais importantes títulos internacionais.

Actualmente, é muito procurado como montada de desporto e de lazer, mas também como reprodutor, pelas suas invulgares qualidades de carácter e de antiguidade genética. O pequeníssimo efectivo de cerca de quatro mil éguas reprodutoras confere a esta raça uma rareza única.

O maior número de animais concentra-se em Portugal, Brasil, França e Espanha, estando os restantes dispersos um pouco por todo o mundo, com maior incidência no México, Inglaterra, Bélgica, Alemanha, Itália, Holanda, Suécia, Suíça, Canadá, Austrália, Colômbia, África do Sul e Estados Unidos da América.

A emissão inclui uma colecção de cinco bilhetes postais com valor de 44 cêntimos, sobrescritos de primeiro dia (55 e 74 cêntimos) e uma pagela, com o valor de 70 cêntimos, cuja capa tem desenho gráfico de Túlio Coelho, do Atelier Acácio Santos, sobre uma fotografia de Pedro Bettencourt.

Estes selos vêem como consequência do Concurso "Aqui há Selo" realizado há 2 anos que tinha 419 selos a concurso, em que o selo do Cavalo Lusitano ficou em 11º lugar, finalmente os CTT deram continuidade à proposta.

03/06/2007 - Selo Cavalo Lusitano fica em 11º em 419 concorrentes
http://cavalonet.com/pt/noticias/noticias2.php?id=956


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013