Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Actividades equestres em destaque na Feira do Ribatejo
30/05/2011
A Feira Nacional de Agricultura começa este sábado, 4 de Junho e as actividades equestres estão em destaque. “Derby de Atrelagem”, Campeonato Nacional de Equitação do Trabalho”, “1º Concurso Nacional da Égua Afilhada da Raça Lusitana”, “18º Concurso Nacional Oficial das Coudelarias Portuguesas”, “1º Concurso Nacional da Égua Afilhada das Raças Português de Desporto e Cruzado Português, "Concurso Nacional Oficial de Modelo e Andamentos do Cavalo da Raça Sorraia, “Concurso de Dressage Nacional (CDN) – Taça FNA 11”, “Concurso de Apresentação do Cavalo de Sela” e ainda uma “Prova Livre de Equitação Tradicional”.

Paralelamente, realce para actividades como “A Criança e o Cavalo” ou a “Demonstração de Hipoterapia” e natural destaque para as provas em que os campinos são os principais intervenientes: Condução de Cabrestos – Prova Casa Agrícola “Companhia das Lezírias”, Apartação e Condução do Cabresto - Prova Casa Agrícola “Emílio Infante da Câmara”, Perícia de Campinos – Prova “Rui Moura” e Corrida de Campinos - Prova “Simão Beja”.
Para melhor compreensão das várias competições, aqui fica uma breve descrição.
1) Derby de Atrelagem:
O Derby de Atrelagem é uma prova que foi concebida para ser disputada em indoors, nos seus países de origem, já que, devido às condições climatéricas, dificilmente se poderiam realizar no exterior, durante o Inverno.
Em Portugal, os derbies foram adaptados para espaços exteriores e consistem na realização de uma prova de atrelagem, com um percurso de slalom por vários obstáculos, e que, através do seu desenho, devem ser feitas a velocidades elevadas de maneira a se tornarem espectaculares para o público e possam ser acessíveis a concorrentes que se iniciam na alta competição. Os concorrentes percorrem um percurso numerado de obstáculos compostos por cones com bolas no seu topo e que se forem derrubadas incorrem em penalizações para os condutores. Ganha o conjunto mais rápido a realizar a sequência de obstáculos com menos penalizações.

2) Concurso de Apresentação do Cavalo de Sela:
O concurso de apresentação do cavalo de sela, como o nome indica, pretende avaliar a qualidade geral de equinos montados de diferentes raças, nomeadamente o cavalo Lusitano, Português de Desporto, Puro-sangue Inglês, Puro-sangue Árabe, Anglo-Árabe, Anglo-Lusitano, Cruzado Português e póneis. Para tal os cavalos são apreciados num triângulo de apresentação nos diferentes andamentos, passo, trote e galope e a sua morfologia ou conformação geral.

3) Prova Livre de Equitação Tradicional:

Na prova livre de equitação tradicional os concorrentes em concurso escolhem, votando secretamente, no conjunto (cavalo e cavaleiro) que entendam ser o melhor em diferentes parâmetros a avaliar tais como: qualidade e rigor do traje e arreios de apresentação, harmonia da apresentação do conjunto e qualidade da apresentação de equitação. Para tal os conjuntos terão que estar devidamente ajaezados à Portuguesa, respeitando os costumes e tradições da nossa equitação tradicional.

4) 1º Concurso Nacional da Égua Afilhada Lusitana:

Este concurso destina-se à apresentação e classificação de éguas lusitanas com um poldro de mama. Para tal as fêmeas são apresentadas à mão à volta de um triângulo de apresentação para avaliação dos andamentos a passo e trote e de seguida avalia-se as características de conformação da égua bem como do poldro segundo os seguintes parâmetros: cabeça e pescoço, espádua e garrote, peitoral e costado, dorso e rim, garupa, membros e conjunto de formas.

5) XVIII Concurso Nacional Oficial das Coudelarias Portuguesas “Troféu Dr. Ruy d’Andrade”:

O Concurso Nacional Oficial das Coudelarias Portuguesas realiza-se no seguimento do Concurso Nacional da Égua Afilhada Lusitana e depois das éguas já terem aí sido pontuadas segundo uma grelha de classificação própria onde se avalia o modelo e os andamentos a passo e trote. Para posteriormente um criador poder entrar no Concurso de Coudelarias Portuguesas terá que apresentar um mínimo de 3 éguas afilhadas do mesmo ferro, inscritas no Studbook da raça Lusitana. As Coudelarias poderão ainda apresentar mais éguas afilhadas (num máximo de 9) e outros produtos, desde que inscritos num Livro genealógico reconhecido em Portugal para valorizar mais o desfile final dessa Coudelaria e assim poderem obter mais pontos para além dos obtidos a quando da classificação das três éguas afilhadas. É ainda valorizada a homogeneidade do conjunto das três éguas afilhadas. Ao vencedor deste concurso a FNA reserva, no ano seguinte, um lugar de destaque no recinto e o seu nome é inscrito num placa comemorativa.

6) 1º Concurso Nacional Oficial da Égua Afilhada das Raças Português de Desporto e Cruzado Português:

Este concurso destina-se à apresentação e classificação de éguas das raças Português de Desporto e Cruzado Português com um poldro de mama. Para tal as fêmeas são apresentadas à mão à volta de um triângulo de apresentação para avaliação dos andamentos a passo e trote e de seguida avalia-se as características de conformação da égua bem como do poldro segundo os seguintes parâmetros: cabeça e pescoço, espádua e garrote, peitoral e costado, dorso e rim, garupa, membros e conjunto de formas;
7) Concurso Nacional Oficial de Modelo e Andamentos da Raça Sorraia:

Este evento apresenta-se como um concurso único no nosso país de julgamento e classificação do modelo e andamentos exclusivamente de equinos de raça Sorraia, uma das três raças autóctones portuguesas, a par do Puro-sangue Lusitano e Garrano. O Cavalo do Sorraia representa o tipo de cavalo ibérico primitivo da região quente meridional, sendo indicado como um dos quatro tipos ancestrais das raças equinas actuais. Com um efectivo inferior a 200 animais em todo o mundo é raça equina portuguesa mais ameaçada de extinção, daí a importância da sua preservação e divulgação como realizado na FNA. É um cavalo que apresenta inúmeras características raras e primitivas como são a pelagem pardo-cinzento ou pardo-amarelo, lista de mulo e de burro, zebruras nos membros e crinas bicolores. Neste concurso é avaliado o modelo dos animais e são ainda avaliados os andamentos a passo e trote quando apresentados à mão ou a passo, trote e galope quando montados num triângulo de apresentação.

8) Concurso de Dressage Nacional (CDN):

A dressage ou ensino de competição é uma das três disciplinas equestres olímpicas, para além dos Saltos de Obstáculo e do Concurso Completo de Equitação (CCE). Pretende-se, nesta disciplina, avaliar a qualidade e precisão dos vários conjuntos (cavaleiro e cavalo) numa pista ou rectângulo de ensino onde executam diferentes exercícios e figuras de picadeiro a passo, trote e galope e que são avaliados por juízes atribuindo notas de 0 a 10. Neste CDN – Taça Feira Nacional de Agricultura 2011 existem os vários níveis de dificuldade presente do regulamento nacional, desde o mais simples, nível Preliminar até ao mais complexo, Grande Prémio. Desde 2010 que os CDN, como o do CNEMA – FNA 2011, são provas qualificativas para o Campeonato e Taça de Portugal de Dressage, as duas provas mais importantes do calendário nacional.


Mais detalhes ... Program
(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013