Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


4 Escolas voltam a reunir-se em Paris em Outubro
28/08/2012
De 5 a 7 de Outubro, a Escola Portuguesa de Arte Equestre e as restantes 3 escolas europeias de Arte Equestre (Escola Espanhola de Equitação de Viena, Cadre Noir de Saumur, Escola Real Andaluzia de Arte Equestre), voltam a reunir-se num espetáculo único em Paris para 3 dias de apresentação conjunta, num espectáculo que promete repetir o sucesso alcançado em 2007.

Este espetáculo terá lugar no Palais Omnisports Paris Bercy, onde serão apresentados novos quadros trabalhados por cada escola. Estas três performances excecionais (uma em cada dia) reunirão 45 cavaleiros, liderados por 4 Mestres Picadores Chefe, e 80 cavalos (os Lusitanos de Alter Real, os Lipizzaners de Viena, os Anglo Árabes de Saumur e os Pura Raça Espanhóis), num quadro criado especialmente para estas 3 apresentações.

A reunião das 4 escolas pode ser considerado como o maior espectáculo de arte equestre a nível mundial sendo um evento muito pouco frequente dada a natureza e a distância geográfica de cada uma das quatro academias.

Quando se realizou, a única outra vez foi em 2007 no pavilhão de Bercy, em que esgotou por 3 noites consecutivas, atraindo público de todo o mundo, tornando portanto esta oportunidade num caso raro.


Escola Portuguesa de Arte Equestre

Sediada no Palácio Nacional de Queluz, a Escola Portuguesa de Arte Equestre foi fundada em 1979 com a finalidade de promover o ensino, a prática e a divulgação da Arte Equestre tradicional portuguesa. Recupera a tradição da Real Picaria, academia equestre da corte portuguesa do século XVIII, que usava o Picadeiro Real de Belém, hoje Museu Nacional dos Coches.

A Real Picaria foi encerrada no século XIX, mas a prática continuada do toureio equestre contribuiu para a conservação do cavalo, da equitação, das selas e dos trajes do século XVIII, hoje usados pela Escola Portuguesa de Arte Equestre. A Escola monta exclusivamente cavalos lusitanos da Coudelaria de Alter, antiga coudelaria da Casa Real Portuguesa fundada por D. João V, em 1748, para fornecer a Casa Real e a sua academia equestre, sendo os trajes, os arreios e os acessórios usados réplicas dos da Real Picaria.

A Escola Portuguesa de Arte Equestre realiza espetáculos regulares abertos ao público e apresentações em cerimónias oficiais em Portugal e no estrangeiro, constituindo um importante meio de divulgação do Cavalo Lusitano e da cultura portuguesa.
Em Setembro de 2012, a tutela da Escola Portuguesa de Arte Equestre será atribuída à Parques de Sintra - Monte da Lua.


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013