Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Cavalo Lusitano vence o Grand Prix Internacional da AMIL no Brasil
04/06/2005
O cavaleiro Elias Marinho montando Portugal, garanhão de propriedade do Haras Modelo, venceu nesta sexta-feira, 3 de junho, o Grand Prix da Série Especial da mais importante competição de Adestramento do País, o CDI *** Amil Dressage Cup 2005. O conjunto, que estava fazendo sua estréia, deixou para trás os mais tradicionais competidores da modalidade no Brasil, e a performance apresentada impressionou os juízes da Federação Equestre Internacional.

A recatada platéia de Adestramento Clássico não se conteve com a euforia dos criadores, proprietários e competidores do cavalo Puro Sangue Lusitano com o anúncio da vitória do conjunto, especialmente José Carlos Garcia, proprietário do animal, que comemorou o investimento feito neste reprodutor importado do berço do Lusitano em 2004.

Elias Marinho e Portugal somaram 61,000%, seguidos de Pia Aragão com BF Phanton (60,250%); em terceiro se posicionou o chileno Mário Vargas montando Terras Verdes Menphis (60,083%); Antonio Luiz Vasconcelos Macedo e Quixote Priboy (60,042%) ficaram em 4º lugar; Alexandria Wilson com o também Lusitano Oceano do Top ocuparam a 5ª colocação com 57,708%; o mestre Orlando Facada ocupou o 6º lugar com o Lusitano Oceano (57,208%), e Isabela Renault Travassos foi a 7ª colocada com B Seguro Vida Mulher Borbeaus (56,208%).

O presidente do júri foi Bernard Maurel, da França, que dividiu a responsabilidade do julgamento com Stephen Clark, da Grã Bretanha, Marieta Almasy, da França, Maribel Alonso, do México, e o Cel. Salim Nigri, do Brasil.

Dos cinco juizes, dois pontuaram o Elias Marinho e Portugal em 1º lugar, o presidente do júri, Bernard Maurel, da França, e o inglês Stephen Clark. A francesa Marietta Almasy colocou o conjunto em segundo lugar, a mexicana Maribel Alonso em terceiro lugar, e finalmente o juiz brasileiro, o Cel. Salim Nigri, posicionou Elias marino e Portugal em último lugar, sendo também o juiz de médias mais baixas para todos os concorrentes.

Com três cavalos Lusitanos posicionados entre os seis primeiros colocados, a raça que vem se sobressaindo nas categorias de base também se revela uma opção de ponta para os competidores profissionais do Brasil.

O CDI *** Amil Dressage Cup 2005 vai até domingo na Sociedade Hípica Paulista, com entrada gratuita.


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013