Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Raça Lusitana brilha em terras de Espanha
27/06/2005
Sara Duarte, com Rima, foi o conjunto vencedor, do IV SPANISH DRESSAGE CHAMPIONSHIPS ao classificar-se em 1º lugar nas duas provas a contar para o Campeonato, realizada na sexta-feira e Sábado, onde o conjunto ultrapassou os 60%. Para cumprir o programa deste Internacional a Sara e a Lusitana Rima, venceram também esta manhã, a prova livre "freestyle com música", ao som da bonita música portuguesa "Sentir Português" de António Chainho e "Fado Alegria" de Rao Kyao, o que lhe valeu mais uma vitória, ao atingir a maior percentagem de sempre 65,95%.

Segundo o seu treinador, João Cardiga "foi uma experiência forte e muito gratificante, já que os objectivos foram absolutamente alcançados. Estes resultados garantem-nos "o passaporte" para o Europeu da modalidade que se realiza já em Julho, na Hungria".
Agora, só faltam os apoios para que ambas (Sara e Rima), possam demonstrar o potencial nacional.

Sara Duarte, é portadora de parilisia cerebral com 72% de incapacidade fisica permanente, monta uma égua Lusitana de 7 anos, ferro Sociedade das Silveiras, propriedade do Centro Equestre João Cardiga, e concorreu a este internacional no Grau 2 (ver caixa), ao lado de mais 12 concorrentes com deficiência, provenientes de 5 países: Noruega, Finlandia, Inglaterra, Espanha e Portugal, País do qual é a única representante.

O QUE é A EQUITAÇÃO ADAPTADA?

Equitação Desportiva Adaptada - Utilização da Equitação como meio terapêutico e de competição.
Os objectivos a alcançar são sobretudo desportivos, de lazer ou a melhoria da forma física. Pretende-se ajudar a desenvolver capacidades necessárias à autonomia dos indivíduos.
O Técnico responsável é o Monitor de equitação, que deverá ter formação nesta área. É utilizada para pessoas com disfunções ligeiras a moderadas, que tenham pelo menos alguma capacidade de interacção com o meio.

A COMPETIÇÃO

A Equitação Adaptada insere-se na modalidade de Ensino ou Dressage e consiste, basicamente, em provas de ensino, adaptadas às dificuldades especificas de cada atleta. As provas são realizadas em picadeiro onde o conjunto deverá executar exercícios e figuras segundo um traçado predefinido.
"Os cavaleiros têm que se enquadrar dentro dos critérios mínimos de incapacidade. A sua classificação decorre do seu perfil funcional de acordo com o exposto no manual de classificação do I.P.E.C., organismo internacional que regula este tipo de competições" (in site Fep).
O campeonato é composto por 4 provas designadas "Warm-up", "Provas Individuais" "Freestyle - com música" e "Prova de Equipa", que os atletas disputam segundo o seu grau de deficiência.
Existem 4 graus: Ao grau 1 correspondem exercícios a passo e/ou trote, o Grau 2 exige um pouco mais de trote e algumas figuras de picadeiro um pouco mais difíceis(circulos, serpentinas, diagonais), o Grau 3 exige exercícios nos três andamentos (passo, trote e galope) e o Grau 4 exige trabalho em duas pistas (ladeares, espáduas-a-dentro, etc.), portanto uma prova com um razoável nível de dificuldade. Este grau destina-se a pessoas com deficiências consideradas menores e a exigência em termos de equitação é muito maior.


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013