Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Segunda edição do Salão Internacional do Cavalo de Desporto em Santarém
12/01/2006
O Salão Internacional do Cavalo reserva algumas surpresas para 2006. Regressa a competitiva Taça Ibérica, agora na 3ª edição, marcada para os dias 20, 21 e 22 de Janeiro de 2006, o Leilão de Cavalos, destinado a licitar equinos nascidos entre 2003 e 2005 e éguas parideiras, a ter lugar às 22:45 do dia 21, e é criada mais uma competição, o Campeonato Nacional de Garanhões da Raça Puro Sangue Árabe, que se realizará também no dia 21.

Mas em 2006, a organização espera mais. E há já provas disso. Aumentou em 40%, o número de expositores, e em 50%, o número de conjuntos participantes que concorrem à Taça Ibérica. São já 150 conjuntos nacionais e 50 estrangeiros, incluindo cavaleiros oriundos de Espanha, México e Argentina. Quanto ao Leilão de Cavalos, os mais de vinte poldros e éguas parideiras inscritos, este ano, contra os três do ano passado, superou largamente as expectativas da organização.

Não é assim de estranhar que as previsões relativas ao número de visitantes ultrapasse os 30%.

Num total de mais de meio milhar de equinos inscritos, a organização toma nas mãos as rédeas de um certame que visa dar a conhecer ao público as diversas raças de cavalos com aptidão desportiva — nomeadamente as raças de equinos autóctones portuguesas, o exemplo do Sorraia —, os produtos e serviços ligados ao sector, uma variedade de competições e de espectáculos performativos, e fornecer também uma variedade de informações aos aficcionados do cavalo.

Ocupando uma área bruta de 14.050 m2, o correspondente às duas naves e hall de entrada do centro de exposições, o certame, que regista cerca de uma centena e meia de expositores institucionais e comerciais, inclui participações nacionais e da vizinha Espanha. De destacar as presenças das coudelarias portuguesas, associações e organismos ligados ao mundo do Cavalo, o caso do Serviço Nacional Coudélico e associações do Cavalo Lusitano, Garrano, Português de Desporto, e Raças Selectas, entre o Arábe, Anglo-Árabe, Anglo-Luso, o Sela Francês e o português Sorraia.

Também merece destaque a presença da Associação de Criadores de Cavalos Espanhóis de Castela e Leão que concorre em áreas tão diversas como as artística (pintura), comercial (produtos para equitação), e institucional (associações de criadores de cavalo).
Segundo a Organização, «trata-se de um certame competitivo no mundo português e ibérico das feiras temáticas, destinado a ajudar a melhorar e divulgar a equinicultura nacional, bem como ajudar a promover os valores histórico-culturais relacionados com o cavalo», e ainda «um ponto de encontro indoors único para todos os amantes do cavalo e da arte equestre».

A par do grande evento desportivo da modalidade de saltos — a terceira edição da Taça Ibérica, que decorre em simultâneo com o Salão do Cavalo de Desporto e que conta com a presença da elite dos cavaleiros portugueses e espanhóis —, o certame repete com êxito a organização de um Leilão de Equinos, que contará com vinte Cavalos.

Com um total de prémios orçado em 30 000 Euros, a 3ª edição da Taça Ibérica, a decorrer na nave B do CNEMA, promete. «Trata-se de um troféu muito competitivo, cuja derradeira fase será disputada no dia 22 de Janeiro de 2006 nas categorias de Seniores em provas com altura de 1.40m, categorias de Juniores em provas com altura de 1.25m, e finalmente categorias de Juvenis, em provas com altura de 1.15m. Mas o vencedor final da Taça será apurado a partir da prova grande de 1,35m/1,40m», define a Organização.


Mais detalhes ... Program
(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013