Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Taça Ibérica de Dressage
20/06/2006
No seguimento do Concurso de Dressage Internacional (CDI) de 2005, a Sociedade Hípica Portuguesa e a Santo André Lusitanos, organizam entre 23 e 25 de Junho de 2006, no Hipódromo do Campo Grande, a segunda edição do CDI *** / CDIY / CDIJ que integra a III Taça Ibérica de Dréssage, uma competição com o selo de aprovação da Federação Equestre Internacional e que constitui uma das maiores montras de excelência do Cavalo Lusitano, que começa a afirmar-se competitivamente a nível internacional.

Esta competição contará com a presença de cerca de 70 cavaleiros de 4 países, Cerca de 20 concorrentes entrarão em grande Prémio e 15 em S. George, ou seja, mais de metade nas provas mais altas do concurso.

Alguns dos melhores cavaleiros internacionais nomeadamente atletas olímpicos, o que testemunha a importância crescente deste concurso no circuito equestre internacional. Anne Chaperon e Julie Pellerin de França, Kerstin Dahlberg da Suécia e Cristobal Roldan e Borja C. Martinez de Espanha são alguns dos cavaleiros que se apresentarão na III Taça Ibérica de Dressage, em Lisboa, e que contam já com diversos títulos no seu palmarés, aos quais de juntarão os cavaleiros Portugueses, Daniel Pinto (o único cavaleiro Olímpico desta modalidade em Portugal), Carlos Pinto, Miguel Ralão Duarte e André Parada.

Na sua terceira edição, a Taça Ibérica de Dréssage é uma competição posicionada na “primeira liga” do desporto equestre internacional, sendo já considerada a mais importante prova nacional desta modalidade Olímpica, como provam as centenas de aficionados que todos os anos assistem à competição.

O Concurso, que irá desenvolver-se em três dias, vai ser disputado de novo no relvado da SHP, com o piso igual ao ano passado, areia sobre relva. Terá o seu ponto alto no Domingo, dia 25 de Junho, pelas 16:00, altura em que se disputa o Grande Prémio, Prova Livre com Música.

A entrada na competição custará 2€, revertendo uma parte das receitas da mesma para a Associação APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental). Esta associação é uma Instituição privada de Solidariedade Social, que foi fundada em 1962, por um grupo de pais de crianças com necessidades educativas especiais, não integráveis no meio escolar regular da época. Actualmente, contempla 7 estruturas de atendimento e vários projectos, em parceria com outras instituições, que visam uma maior integração, dos cidadãos com deficiência na Comunidade.


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013