Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


2º Curso para Juízes, Criadores e Proprietários (de todas as raças)- Coudelaria Nacional - 10/11Jan
18/12/2003
Depois do enorme sucesso do primeiro Curso “Julgar Modelo e Andamentos” realizado em 22 e 23 de Março passado, em que muitos não se puderam inscrever por falta de vagas (o número de inscrições é limitado), a Associação Portuguesa do Cavalo Árabe e a Associação Portuguesa do Cavalo Anglo-árabe, em estreita colaboração com a Coudelaria Nacional, decidiu organizar, em 10 e 11 de Janeiro próximo, um segundo curso (das 10 às 13 horas e, depois de almoço, das 15 às 18 horas).

O seminário terá lugar na Coudelaria Nacional (Fonte Boa), instalação imediatamente posta à disposição dos organizadores pelo seu Director, Sr. Dr. Mário Barbosa, no seu desejo de colaborar em tudo o que pode contribuir para o progresso da criação cavalar portuguesa. Assim, estarão à disposição dos participantes um anfiteatro, o picadeiro e numerosos cavalos para serem “julgados”.

Os participantes no 1º Curso terão logicamente prioridade de inscrição. Este segundo Curso não será uma repetência do 1º curso mas sim a sua continuação.
Ele tratará do julgamento de animais de todas as raças, destina-se a todos aqueles que desejam aumentar os seus conhecimentos e está aberto, sem restrições, a qualquer interessado, seja ele criador, proprietário, juiz, candidato a juiz ou simples amador.
As suas principais finalidades são a de instruir todos aqueles que gostam de cavalos, preparar novos juízes e contribuir para tornar os julgamentos homogéneos, evitando discrepâncias que dependem de critérios indubitavelmente honestos mas por vezes ultrapassados. Efectivamente, se um julgamento desta natureza não tem nem pode ter a precisão de uma operação matemática, pode e deve reger-se por princípios base internacionalmente reconhecidos, que evitam, por exemplo, que um juiz dê um 9 a um animal com 4 sobrecanas enquanto o outro juiz o gratifica com um 18, por achar que aquele defeito não é penalizador em provas de Modelo e Andamentos !

Como conferencista foi de novo escolhido o Senhor Alain James, que leccionou um pouco por todo o Mundo. Director das Relações Internacionais dos “Haras Nacionaux Français”, Juiz Internacional, antigo Director de vários “Haras Nationaux”, Presidente da “Commission de Concours Complet en France”, foi o grande obreiro do importante “Mondial Jeunes Chevaux – CCI du Lion d’Angers”, etc.
Muito claro nas suas explicações e extremamente modesto, no seu primeiro seminário dado em Portugal cativou rapidamente a assistência, que lhe manifestou a sua admiração.

O curso terá uma duração de 2 dias. De manhã, no anfiteatro e com a ajuda de uma projecção de diapositivos ou filmes, será dada a parte teórica. De tarde, no picadeiro, terá lugar a parte prática, em que a assistência participará examinando os animais apresentados, dando as suas notas, comparando-as com as sugeridas por Alain James. Ao fim da tarde volta-se ao anfiteatro onde, com a ajuda do filme feito durante o “julgamento”, se esclarecerão as razões das notas.

Este curso reveste-se da maior relevância, dadas as consequências que um bom julgamento pode ter na criação cavalar portuguesa.
Com efeito, um concurso de Modelo e Andamentos bem julgado é uma prova muito importante e de grande interesse para orientação dos Criadores na selecção de reprodutores, tendo portanto uma influência considerável na qualidade da criação cavalar nacional.

Os participantes receberão um diploma certificando que frequentaram o “ Cours International de Juges de Morphologie” (tal como no primeiro curso).

O preço do curso é só de 100 euros. A inscrição pode ser feita directamente para a Coudelaria Nacional (Fonte Boa – 2000 Vale de Santarém), acompanhando-a do respectivo cheque. Dado que o número de inscrições é limitado, recomenda-se aos interessados a maior urgência em se inscreverem.

Como para o primeiro curso, se a soma constituindo o saldo final for positiva, organizar-se-ão novos cursos ou convidar-se-ão juízes estrangeiros para julgarem algumas das principais provas nacionais.

Notícia gentilmente cedida pelo Dr. Manuel Heleno


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013