Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Corrida de Touros Campo Pequeno não esteve no seu melhor
30/06/2006
O cartel de uma corrida de touros, principalmente as que tem como palco a Monumental do Campo Pequeno, prima por preencher a mente dos aficionados com grandes expectativas quanto ao espectáculo. É sempre esperada uma grande noite de glória, cheia de alma, vida e emoção, que arrebate o público e o leve ao rubro. Imagens de grandes e bonitos ferros cravados por grandes e prestigiados cavaleiros surgem rapidamente às mentes de quem vive esta nossa tradição.

No entanto, nem sempre a magia do espectáculo é conseguida, quer por uma menos boa prestação do cavaleiro, quer por falta de bravura do oponente em praça.

Desta feita, a corrida realizada no dia 29 de Junho de 2006, foi marcada pela falta de brilhantismo, não pelos toiros, bonitos exemplares da Ganadaria de Manuel Assunção Coimbra, que se apresentaram com grande mobilidade e bravura, reunindo todas as condições para permitirem brilhantes lides, dignas da praça que lhes serviu de palco; mas antes pelos cavaleiros, que, incompreensivelmente, não conseguiram aproveitar as óptimas qualidades dos touros em praça.

Vítor Ribeiro, cuja lide teve um início certeiro, bonito, à porta gaiola, findou em baixas, aquando da ferragem, retirando toda a beleza arquitecturada até então. Também no segundo touro da noite, viu deixar passar muitas sortes que lhe teriam proporcionado uma brilhante noite. Apenas no último touro da noite se revelou, cravando os que foram os seus melhores ferros nessa actuação, embora não tenha conseguido o melhor início de lide, indo contra as características evidenciadas pelo oponente.

Rui Fernandes, figura de renome em Espanha, cujos triunfos são frequentes, marca presença nas praças nacionais com prestações completamente opostas. Uma vez mais, escolheu mal os terrenos e as sortes na totalidade dos touros que lhe couberam. Da sua passagem pela praça, merece apenas destaque a decisão imposta na recepção aos 2 primeiros touros da noite, à porta gaiola.

Estiveram, também, em praça os grupos de forcados do Aposento Barrete Verde de Alcochete, Aposento da Chamusca e Amadores de Portalegre, disputando o concurso de pegas. Também nesta tão apreciada parte do espectáculo do toureio em Portugal, as prestações não foram das melhores. Foi vencedor do troféu o forcado Nelson Nabiça, elemento integrante dos forcados Amadores de Portalegre, numa pega executada à 2ª tentativa, ao último touro da noite.


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013