Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Liga ainda definiu o seu Calendário de Corridas de Galope para 2007
09/01/2007
Em 2006, era ano de eleições na Liga, para nomear os novos corpos gerentes, originalmente previstas para Dezembro, tiveram que ser adiadas para o início de Fevereiro de 2007. Ricardo Carvalho, o ainda presidente, já demonstrou vontade em não se recandidatar, mas, se houver necessidade, admitiu também reconsiderar a sua posição. Outros candidatos prováveis ao cargo de presidente existem, mas ainda não demonstraram publicamente as suas ideias. O cargo de presidente da Liga implica uma grande capacidade técnica, de trabalho e financeira, pois o mundo das corridas em Portugal é extremamente complicado e difícil. Teremos que aguardar pelas eleições para saber o nome do novo presidente. Uma coisa é certa, novos nomes irão entrar para os cargos gerentes, que pelos seus conhecimentos trarão uma importante mais valia às corridas, de resto, serão aqueles que já pertencem ao mundo das corridas à décadas que continuarão a prestar os seus valiosos serviços.

Este atraso nas eleições teve um reflexo imediato na divulgação do calendário de corridas de galope para 2007, que ainda não está definido, mas adivinha-se um ano extremamente difícil onde se corre o risco de ver diminuído drasticamente o número de provas e um retrocesso para provas disputadas em pistas mais pequenas. Já em 2006, surgiram vários sinais negativos que terão repercussão em 2007, várias provas agendadas tiveram que ser canceladas à última da hora por incumprimento das organizações para com a Liga, a tradicional prova do CNEMA foi cancelada por falta de verbas, por parte do CNEMA, a pista de Felgueiras será amputada no seu percurso, em proveito de uma auto-estrada, mas o seu proprietário prevê a sua reconstrução noutro sítio e as negociações com os responsáveis do Hipódromo de Ponte de Lima revelaram-se em alguns momentos tensas, continuando este ano por definir projectos concretos. Por outro lado a extinção do Serviço Nacional Coudélico também não vem ajudar o quadro global e o pior é que o Governo, vergonhosamente, continua a nada decidir sobre as apostas mútuas hípicas.

A Liga desde a sua fundação tem passado por momentos muito difíceis ao longo dos anos, mas tem sempre tido capacidade para superar os problemas. Este ano adivinha-se particularmente difícil, mas uma coisa é certa, se ainda não está definido nenhum calendário e algumas provas tradicionais não irão ser realizadas, a Liga prepara uma época adaptada às novas realidades com provas dignas e que obedecem às regulamentações internacionais, não permitindo infracções aos regulamentos e assegurando-se que as pistas, apesar de mais pequenas, têm todas as condições de segurança.

Em breve serão dadas mais notícias e será publicado o calendário provisório de provas de galope para 2007.

Autor
Victor Malheiro


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013