Voltar - Página Inicial Comentários Contactos Links Mapa do Site Definir como Homepage Adicionar aos Favoritos Canal de Conversação
Search

Notícias Equestres


Segunda Edição do Raid hípico das linhas de Torres Vedras
26/03/2007
Face ao enorme sucesso alcançado pelo primeiro Raid Hípico das Linhas de Torres Vedras em Abril de 2006, que conseguiu em harmonia associar desporto, cultura e história, no âmbito das comemorações do bicentenário da guerra peninsular em Portugal, a CARE -Cavaleiros Associados pela Resistência Equestre, enquanto organização sem fins lucrativos, integrada na Federação Equestre Portuguesa, em colaboração com a comissão organizadora de âmbito local, com interesses em termos de preservação e desenvolvimento sustentável do espaço rural envolvente das Internacionalmente Famosas linhas de Torres Vedras, decidiram promover mais uma prova federada de resistência equestre, Sábado 7 de Abril de 2007.

A iniciativa voltará a abranger 3 concelhos(Mafra, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras), num total de 75 km (CEN *).

Os percursos seleccionados inserem-se integralmente na primeira Linha de Defesa de Torres Vedras, com especial incidência em zonas paisagísticas muito atractivas, que atravessam cumeadas de montes, com miradouros excepcionais, onde é possível avistar as Berlengas, o oceano, a Serra de Sintra, a tapada de Mafra, a Serra do Montejunto, a lezíria e até a ponte Vasco da Gama.

Merecem igual destaque, para além dos fortes, alguns dos imóveis de relevante interesse patrimonial e histórico, tais como monumentos religiosos, moinhos de vento, as quintas seculares que albergaram os comandantes do exército aliado durante a defesa das Linhas de Torres Vedras.

As acessibilidades aos locais da prova são excelentes o que permite aos interessados, acompanharem o raid com grande facilidade, bem como apreciarem os cenários naturais e privadas edificações históricas de rara beleza existentes nas imediações do itinerário.

Destacamos os trilhos utilizados pelo próprio Duque de Wellington durante a sua estada em Pêro Negro, as escarpas da Serra da Archeira, a volta ao Monte Socorro e os vales verdejantes adjacentes, onde há duzentos anos o estado maior britânico se entretinha a caçar à raposa a cavalo, enquanto o exército invasor sofria as maiores privações do lado oposto das linhas.

A prova que engloba três etapas de 25km, respeitará o seguinte itinerário: Quinta do Calvel; Centro Histórico da Vila do Turcifal; Quinta do Manjapão; Campo Real; Cadriceira; Fortes da Serra da Archeira; Caixaria; Quinta da Conceição; Furadouro; Alto da Portela; A de Guerra; Bispeira; Moitelas; Casais de S. Quintino; Serra do Alqueidão; S.Sebastião; Enxara dos Cavaleiros; fortes da Enxara; Quinta da Póvoa; Quinta do Vale do Corvo e Serra do Socorro. A cerimónia de entrega de prémios terá lugar nas Quintas da Póvoa e Vale do Corvo, edificadas no século XVIII junto à Serra do Socorro (Wellington´s Eagle Nest), que serviram de quartel general ao 2º Comandante do exército britânico da península ibérica, Sir Brent Spencer.


(©) Copyright Cavalonet 2000 - 2013